Crescimento económico mostra empenho do sector empresarial em vencer crise

Crescimento económico mostra empenho do sector empresarial em vencer crise

 

Lusa   Economia   14 de Nov de 2010, 20:26

As principais organizações representativas do sector empresarial português (AEP, AIP e a CIP) consideraram hoje que o crescimento da economia portuguesa no terceiro trimestre mostra a capacidade de reação das empresas portuguesas no contexto da crise

Numa posição conjunta, a Associação Empresarial Portuguesa (AEP), a Associação Industrial Portuguesa (AIP) e a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) “veem esta evolução de forma positiva”.

Os representantes do tecido empresarial portuguesês salientam que “este crescimento é, e ainda bem, baseado nas exportações” e por isso pedem que “as políticas públicas tenham em devida atenção as necessárias medidas de enquadramento, apoio e incentivo à actividade económica que conduzam a uma cada vez maior capacidade de exportação de bens e serviços portugueses”.

Num comunicado assinado pelos respetivos presidentes, as três organizações sustentam que “este esforço dos empresários portugueses demonstra bem a disponibilidade e o empenhamento com que a área empresarial está enfrentando a crise, a qual só será vencida com o envolvimento de todos os portugueses”.

O Instituto Nacional de Estatística divulgou, sexta-feira, que a economia portuguesa cresceu 0,4 por cento no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, e 1,5 por cento face a igual período do ano passado.

As exportações, foi esta semana conhecido, aumentaram 15 por cento no terceiro trimestre de 2010 face ao período homólogo, melhorando o défice da balança comercial em 646 milhões de euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.