Banca

Crédito às famílias continua a subir e malparado agrava-se

Crédito às famílias continua a subir e malparado agrava-se

 

Lusa/AO online   Economia   21 de Set de 2010, 12:23

De acordo com o Boletim Estatístico publicado esta terça-feira, o valor dos empréstimos concedidos aos particulares subiu em Julho para os 140.495 milhões de euros, de 140.365 milhões de euros em Junho.
O único segmento cujo valor de crédito concedido subiu foi o da habitação, que atingiu os 112.635 milhões de euros em Julho, mais 322 milhões de euros, que em Junho.

Nos créditos para consumo, o valor diminuiu em 28 milhões de euros, enquanto para outros fins, o crédito diminuiu 165 milhões de euros.

No que diz respeito ao crédito de cobrança duvidosa, o valor agravou-se em todos os sectores

Nos empréstimos para habitação, o crédito malparado subiu em 21 milhões de euros entre Junho e Julho, para os 1.958 milhões de euros, enquanto no crédito ao consumo subiu 73 milhões de euros (para 15.556 milhões de euros).

O crédito para outros fins, o malparado agravou-se, por sua vez, em 9 milhões (para 912 milhões de euros).

No total, o malparado aumentou dos 3,989 milhões de euros de Junho para os 4,091 milhões de euros em Julho, o que corresponde a 2,91 por cento do total dos empréstimos concedidos pela banca.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.