Costa salienta semana da ciência e centro de investigação nos Açores

Costa salienta semana da ciência e centro de investigação nos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Nov de 2016, 05:39

O primeiro-ministro português, António Costa, salientou os compromissos assumidos por Portugal e Brasil de organizarem em conjunto uma semana anual da ciência e de colaborarem num centro de investigação internacional sediado nos Açores.

 

Numa declaração aos jornalistas no final da XII Cimeira Luso-Brasileira, no Palácio do Planalto, em Brasília, António Costa realçou também a decisão dos dois governos de criarem um prémio de literatura infantil e juvenil e o acordo para a abertura de uma escola portuguesa em São Paulo.

Segundo o primeiro-ministro português, nesta cimeira foi assinado um acordo "para que o Brasil seja parte do centro de investigação internacional que será sediado nos Açores".

Os governos português e brasileiro convidam "todos os países do Atlântico para que no próximo mês de abril se possam reunir nos Açores e afirmar os Açores como uma grande plataforma de investigação oceanográfica, de climatologia e também no domínio do aeroespacial", afirmou.

"É muito importante também o ter-se assinado que passaremos a realizar anualmente uma semana de ciência entre Brasil e Portugal e que terá a primeira edição precisamente aqui no Brasil, já no próximo mês de junho", acrescentou.

Em seguida, António Costa destacou a decisão assumida nesta cimeira de viabilizarem "meios para a criação de um prémio para escritores e ilustradores de livros infantis e juvenis de língua portuguesa, nos moldes do Prémio Camões".

"É uma forma de continuar a promover e a difundir a língua desde a mais tenra idade, assim como a forma como acordámos na abertura de uma escola portuguesa em São Paulo é um bom sinal de como vamos continuar a colaborar para os nossos sistemas de educação trabalharem em conjunto na promoção da língua", considerou.

A organização anual de uma "semana de ciência e tecnologia, intercalada no Brasil e em Portugal, a partir de 2017" consta de um acordo hoje assinado entre os ministérios da Ciência de Portugal e do Brasil.

No mesmo acordo bilateral, está previsto "aprofundar os trabalhos em curso de diplomacia científica com vistas a estudar estabelecimento de mecanismo multilateral para criação da plataforma de cooperação internacional, denominada 'Azores International Reserach Center' (AIR- Centro Internacional de Investigação dos Açores)".

Trata-se de "uma nova instituição intergovernamental envolvendo as infraestruturas dos Açores em rede com as infraestruturas espaciais e oceânicas do Brasil, cuja missão deverá ser orientada para o desenvolvimento científico, tecnológico e empresarial para fazer face aos desafios das alterações climáticas", lê-se no mesmo documento.

Os dois governos comprometem-se ainda a "constituir um grupo de trabalho para a coordenação e implementação das atividades relativas à iniciativa AIR, que deverá trabalhar em ampla cooperação internacional com todos os outros parceiros a envolver no Brasil e em Portugal, assim como noutros países".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.