Costa alerta para papel da GNR na fiscalização da limpeza das matas

Costa alerta para papel da GNR na fiscalização da limpeza das matas

 

Lusa/AO online   Nacional   26 de Fev de 2018, 17:24

O primeiro-ministro, António Costa, alertou esta segunda-feira para o papel da GNR na fiscalização da limpeza das matas, sublinhando que o objetivo da ação não passa por autuar os proprietários, mas por garantir que sejam cumpridas essas obrigações.

“O que está em causa não é pagar ou não pagar multas, o que está em causa é se todos contribuímos para a segurança de todos. Uma mata não tratada é um risco para a vida de todos e, portanto, o que está aqui em causa não é cobrar as multas, não é autuar as pessoas, mas é garantir que cada um cumpre as suas obrigações", afirmou.

António Costa falava no Centro de Formação de Portalegre da GNR, onde hoje começou a formação de 600 novos guardas.

Esta nova incorporação surge na sequência da inclusão de militares no Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro (GIPS) e no Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.