Saúde

Correia de Campos defende exclusividade dos médicos no sector público

Correia de Campos defende exclusividade dos médicos no sector público

 

Lusa/AO online   Nacional   31 de Ago de 2010, 11:32

O antigo ministro da Saúde António Correia de Campos defendeu esta terça-feira a "exclusividade da prática no Serviço Nacional de Saúde (SNS)" para os novos médicos que estão agora a terminar o curso de Medicina.
"Era muito importante que houvesse uma medida definindo a exclusividade da prática no SNS”, disse o eurodeputado.

Para Correia de Campos, a medida devia ser adoptada apenas para os jovens que estão agora a terminar o curso, não se aplicando aos actuais médicos, que podem, mediante certas regras, estar simultaneamente no sector público e no sector privado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.