Coreia do Sul pode negociar escudo antimíssil com EUA já na próxima semana

Coreia do Sul pode negociar escudo antimíssil com EUA já na próxima semana

 

Lusa/AO online   Internacional   12 de Fev de 2016, 10:20

A Coreia do Sul deverá iniciar na próxima semana discussões detalhadas com Washington sobre a instalação de um sistema de defesa antimíssil norte-americano, a que a China se opõe, revelou um dirigente sul-coreano.

 

Os dois aliados vão criar um grupo de trabalho conjunto para analisar a implementação do Terminal High Altitude Area Defence System (THAAD), que será ativado como resposta à crescente ameaça da Coreia do Norte em termos de mísseis.

“O grupo de trabalho vai poder começar a discutir os pormenores relacionados com a implementação do THAAD já na próxima semana”, disse a fonte aos jornalistas.

Na agenda estão questões como a localização, a partilha de custos, proteção ambiental e um calendário para a instalação.

O sistema THAAD dispara mísseis antibalísticos para o céu de modo a destruírem os mísseis inimigos, tanto dentro como fora da atmosfera da Terra.

A Coreia do Sul e os Estados Unidos anunciaram a sua intenção de iniciar as discussões sobre a instalação do THAAD no domingo, horas depois de a Coreia do Norte ter lançado um míssil de longo alcance, considerado pela comunidade internacional como um teste de mísseis balísticos encoberto.

O Pentágono tem dito, desde então, que deseja que o sistema seja instalado na Coreia do Sul “o mais rapidamente possível”.

A China e a Rússia argumentam que tal sistema vai prejudicar a estabilidade da região e pode gerar uma corrida às armas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.