Eleições

Cordeiro afirma que setor agrícola respondeu de forma exemplar aos desafios

Cordeiro afirma que setor agrícola respondeu de forma exemplar aos desafios

 

Lusa/AO online   Regional   6 de Out de 2016, 15:28

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, afirmou hoje que o setor agrícola regional respondeu de forma exemplar aos desafios da quantidade e qualidade, e defendeu mais investimentos neste setor.

"Há alguns aspetos que acho importante realçar também hoje aqui, em primeiro lugar o facto de ao longo destes anos a agricultura açoriana ter respondido de forma exemplar, quer a desafios de quantidade, quer a desafios de qualidade", disse Vasco Cordeiro, após visitar uma exploração agrícola no concelho da Povoação, ilha de São Miguel, pela qual é cabeça de lista às eleições regionais dos Açores.

O candidato salientou que "esse aspeto é fundamental porque é também por causa" dele que "o principal desafio que a atual conjuntura do setor leiteiro a nível europeu coloca não é uma conjuntura que se centra ao nível da produção, mas ao nível do escoamento e da transformação".

"Obviamente que acaba por ser o produtor aquele que mais sente o impacto dessa conjuntura", reconheceu Vasco Cordeiro, recandidato à presidência do Governo Regional, destacando que, devido a esta situação, o executivo açoriano "criou um conjunto de medidas para ajudar os agricultores".

A este propósito, o candidato notou que "só a região criou medidas num montante superior ao montante que toda a União Europeia destinou ao país em termos de ajudas ao setor leiteiro".

Numa primeira fase, a União Europeia disponibilizou 4,8 milhões de euros para o setor leiteiro em todo o país, sendo que o Governo dos Açores criou medidas num valor de cinco milhões de euros.

Vasco Cordeiro considerou, por outro lado, que se deve "continuar a reforçar" o fornecimento de água e de energia elétrica às explorações agrícolas, assim como a melhoria de caminhos, realçando, por outro lado, a necessidade de, "sobre a indústria de transformação e sobre a comercialização, reforçar as componentes específicas" da agricultura regional que "são fatores de competitividade" da economia do arquipélago.

Questionado se, após deixar a política, tenciona regressar à terra, Vasco Cordeiro, que nasceu no seio de uma família de lavradores, na Covoada, concelho de Ponta Delgada, explicou que o seu caminho profissional foi outro, a advocacia.

"Tenho muito orgulho de onde vim, tenho muito orgulho nas minhas raízes e tenho, sobretudo, muito respeito por quem faz desta a sua vida, sem domingos, sem feriados, com chuva, com sol", declarou.

Para Vasco Cordeiro, "além daquilo que significa em si mesmo", a agricultura "acaba por dar um contributo fundamental para outro setor", o turismo, algo de que a região se deve orgulhar.

A comitiva socialista visitou depois uma queijaria nas Furnas, no mesmo concelho, onde se produz queijo banhado em salmoura de água azeda local.

"É um dos exemplos de como podemos, num setor tradicional da nossa economia, inovar, criar produto diferenciado, com mais valor", acrescentou Vasco Cordeiro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.