Cooperativa denuncia atrasos no pagamento de ajudas à compra de combustíveis para a pesca

Cooperativa denuncia atrasos no pagamento de ajudas à compra de combustíveis para a pesca

 

Lusa/AO online   Regional   6 de Set de 2012, 17:38

A Cooperativa Porto de Abrigo alertou hoje para a existência de atrasos de "vários meses" no pagamento das ajudas à aquisição de combustíveis pela frota de pesca artesanal do arquipélago dos Açores

O presidente da cooperativa, Liberato Fernandes, disse à agência Lusa que está em causa está a liquidação de apoios referentes aos primeiros meses deste ano, cujas candidaturas foram entregues em abril.

Liberato Fernandes revelou que a situação afeta cerca de 400 embarcações que usam combustível adquirido ao preço que é praticado para os consumidores comuns e são depois reembolsadas no diferencial relativo ao preço definido para o gasóleo das pescas.

"Em anos anteriores, os subsídios referentes às candidaturas apresentadas em abril foram pagas no mês seguinte", frisou Liberato Fernandes, alertando também para o atraso no pagamento das ajudas do Governo Regional relativas à contribuição pública para os seguros dos pescadores.

Esta ajuda corresponde, em algumas seguradoras, a cerca de 50 por cento do montante exigido aos pescadores, afirmou o presidente da Porto de Abrigo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.