Energia

Consumo de renováveis atingiu recorde do ano em novembro

Consumo de renováveis atingiu recorde do ano em novembro

 

Lusa/AO Online   Economia   9 de Dez de 2012, 13:52

O consumo de energia de origem renovável atingiu em novembro o valor mais elevado do ano, de acordo com a informação disponibilizada no

Para este crescimento do peso das renováveis contribuíram as centrais eólicas, que atingiram a produção mensal mais elevada de sempre, representando quase 30% do consumo de energia em novembro. No conjunto, a produção de origem renovável representou este mês 56% do consumo, que é o valor máximo do ano, de acordo com os dados da empresa gestora das redes energéticas nacionais. No acumulado entre janeiro e novembro, o consumo de energia em Portugal foi abastecido maioritariamente com produção a carvão (25%), seguido do gás natural (21%) e energia eólica (20%). O consumo de energia hídrica contribuiu com 10%, a biomassa com 5% e a fotovoltaica apenas 1%. Já a importação abasteceu 16% do consumo. Num ano marcado pela seca, a afluência aos aproveitamentos hidroelétricos (barragens) atingiu em novembro 85% dos valores normais para a época, sendo os mais elevados de 2012. Quanto ao consumo de energia, em novembro este continuou a contrair, mas segundo os dados da REN de forma menos acentuada do que nos outros meses, numa redução de 0,9% face ao período homólogo. Também no acumulado dos 11 meses do ano caiu, neste caso 2,9%.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.