Cônsul em Toronto apela a portugueses que incentivem ao turismo em Portugal

Cônsul em Toronto apela a portugueses que incentivem ao turismo em Portugal

 

Lusa/AO online   Nacional   10 de Mar de 2015, 09:50

O cônsul-geral de Portugal em Toronto, Luís Barros, apelou para que os portugueses e os lusodescendentes incentivem o turismo em Portugal, uma das potencialidades do país.

 

"Tendo em conta a dimensão da comunidade em Toronto, há que aproveitar este potencial que é a promoção do turismo em Portugal. Cada português pode fazer muito pelo turismo da nossa terra, pois os melhores defensores do turismo, os maiores promotores da nossa terra, são todos os portugueses", afirmou Luís Barros, em declarações à agência Lusa.

O cônsul justificou que tem incentivado a comunidade no sentido na promoção de Portugal como destino turístico, pois é um país com características que tornam o "turismo muito apetecível" para segmentos grandes da população, nomeadamente junto dos canadianos não portugueses.

"Há o turismo de saudade; há um turismo de raízes para os descendentes de portugueses que querem conhecer a terra de onde vieram os seus antepassados, e há um turismo em todas a suas vertentes para o mercado mais alargado da sociedade canadiana, para o qual os portugueses podem contribuir", disse.

Sobre o aumento recente da comunidade, o cônsul, que iniciou funções em agosto do ano passado, instou os portugueses e lusodescendentes no Canadá a efetuarem a sua inscrição consular: "Não é obrigatória, mas é útil aos cidadãos e é gratuita", disse.

Qualquer português que viva no estrangeiro não é obrigado a registar-se, a não ser quando solicitar um ato consular. "A inscrição consular por si é fácil e gratuita", explicou.

Luís Barros, antes da nomeação como cônsul geral em Toronto, foi presidente das Autoridades Nacionais para a Proibição de Armas Químicas e para o Tratado para a Proibição Total de Ensaios Nucleares e ponto focal para a Aliança das Civilizações. Passou anteriormente por vários países como França, Rússia, Holanda e Cabo Verde.

Oficialmente, há 429 mil portugueses e lusodescendentes no Canadá (census 2011), mas calcula-se que existam cerca de 550 mil, estando a grande maioria localizada na província do Ontário. Estima-se que 60 a 70% sejam de origem açoriana.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.