Conserveira Santa Catarina, nos Açores, cria "kit do visitante" este verão

Conserveira Santa Catarina, nos Açores, cria "kit do visitante" este verão

 

Lusa/AO Online   Regional   25 de Fev de 2016, 07:19

A conserveira Santa Catarina, na ilha de São Jorge, nos Açores, que anualmente recebe 700 visitantes, vai começar a cobrar entradas este verão, criando o "kit do visitante", que além do bilhete incluirá latas de atum.

“Este ano vamos lançar o ‘kit do visitante’, ou seja, os visitantes vão comprar um kit quando vierem à nossa fábrica que dará direito a fazer a visita e já levam consigo alguma conserva”, afirmou à Lusa o presidente do conselho de administração da conserveira, Rogério Veiros, acrescentando que “o valor do kit ainda não está definido”.

A conserveira Santa Catariana, cujos produtos têm conquistado vários prémios internacionais nos últimos anos, exporta mais de 50% da sua produção para o estrangeiro, o que tem contribuído para divulgar o nome dos Açores.

Localizada no concelho da Calheta, a fábrica, que emprega 130 funcionários, alia métodos ancestrais à tecnologia, produzindo uma gama diversificada de conservas.

Rogério Veiros adiantou que atualmente as visitas são gratuitas e anualmente já passam pela fábrica “sensivelmente 700 visitantes”, maioritariamente estrangeiros e alunos da própria ilha de São Jorge.

“Toda a gente pode visitar a nossa fábrica e ver como fazemos as nossas conservas. Não temos segredos nesta matéria. Cumprimos todas as regras internacionais”, disse o presidente da conserveira, revelando que no verão as visitas têm um turno de manhã e outro à tarde e que “é montado no exterior da fábrica um quiosque para venda de produtos, tal é a procura por parte dos visitantes”.

Rogério Veiros referiu que o crescimento do turismo nos Açores “obrigou a fábrica a adaptar-se e criar uma oferta para as pessoas” que a querem visitar.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.