Confrontos entre manifestantes e soldados em frente da sede do governo

Confrontos entre manifestantes e soldados em frente da sede do governo

 

Lusa/AO Online   Internacional   16 de Dez de 2011, 08:32

Confrontos entre manifestantes e soldados foram hoje registados em frente da sede do governo no Cairo, onde ativistas hostis ao poder militar estão acampados desde finais de novembro, afirmaram testemunhas.

Segundo uma testemunha, Moustapha Chechtui, os confrontos ocorreram depois de um manifestante ferido ter contado que tinha sido detido e espancado por soldados, provocando a cólera dos outros manifestantes, que começaram a atirar pedras contra os militares.

Os soldados responderam com tiros para o ar e canhões de água, atirando de novo as pedras para os manifestantes.

Segundo Mona Seif, militante dos direitos cívicos, os militares também lançaram cadeiras a partir do teto do parlamento, situado na proximidade.

Seif garantiu que os feridos tinham sido transportados para um hospital vizinho.

Manifestantes estão acampados desde 25 de novembro em frente da sede do governo, a centenas de metros da praça Tahrir no centro da cidade, para protestar contra a nomeação pelo exército de Kamal el-Ganzuri, um antigo primeiro-ministro do presidente deposto Hosni Mubarak, para dirigir o governo.

Os manifestantes também pedem a transferência imediata do poder do Conselho Supremo das Forças Armadas (CSFA), que dirige o país desde a queda de Hosni Mubarak em fevereiro, para uma autoridade civil.

O Egito está a realizar desde finais de novembro eleições legislativas, que decorrem durante vários meses e que foram marcadas até à data pelo domínio de formações islamitas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.