Confiança de consumidores minada por "maquinações" de Wall Street


 

Lusa / AO online   Economia   19 de Mar de 2010, 16:57

A confiança dos consumidores norte-americanos em produtos financeiros continua minada pela existência de "maquinações" entre os operadores no mercado de capitais, Wall Street, nomeadamente as agências de "rating", afirma o presidente do Conselho de Consumidores do país.
A associação baseada na Califórnia, que tem a sua capacidade de intervenção junto dos órgãos de poder em Washington limitada por não ter estatuto de "lobby" oficial, está a participar num movimento para criar uma confederação de associações de consumidores de todo o país para acompanhar a reforma da legislação financeira do país.

A reforma conheceu um importante desenvolvimento esta semana - a apresentação pelo senador democrata Chris Dodd, que preside ao comité senatorial para a banca, de uma proposta de lei que dá ao governo poderes para fechar instituições financeiras e forçá-las a pagar pelas suas falhas, e que criará uma estrutura de defesa do consumidor dentro da Reserva Federal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.