Conferência Nacional de Lixo Marinho planeada para 2016


 

Lusa/AO online   Nacional   26 de Ago de 2015, 18:03

A Associação Portuguesa de Lixo Marinho (APLM) está a organizar a 1.ª conferência nacional sobre os resíduos que estão nos oceanos, iniciativa que poderá levar à criação da parceria dos países de língua portuguesa para esta área.

Com a colaboração do Programa de Ambiente das Nações Unidas (UNEP), a associação pretende sensibilizar para os impactes do lixo marinho no ambiente e para a forma como o envolvimento de atores sociais pode contribuir para reduzir esta ameaça ambiental global, através de um compromisso partilhado.

Por isso, segundo informação da APLM no sua página na internet, o principal objetivo desta conferência é mobilizar atores sociais nacionais, de forma a criar a Parceria Portuguesa para o Lixo Marinho (PPLM), e ao mesmo tempo, conseguir juntar os atores sociais dos Países de Língua Portuguesa, para definir uma parceria internacional entre esses países e Portugal.

O lixo marinho tem origem principalmente na costa e é constituído por vários poluentes, como o plástico, material que se mantém na natureza centenas de anos, com consequências nefastas para o ambiente, nomeadamente para os peixes e aves que o ingerem, como se de um alimento se tratasse.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.