Concluída cobertura das ajudas visuais à navegação marítima na ilha de São Miguel


 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Jul de 2017, 07:34

A cobertura das ajudas visuais à navegação marítima na ilha de São Miguel, Açores, ficou hoje concluída com a entrada em funcionamento do novo farolim do Pilar da Bretanha, anunciou a Capitania do Porto de Ponta Delgada.

“Na área de jurisdição da Capitania do Porto de Ponta Delgada, a rede de ajudas visuais à navegação marítima, implementada na orla marítima da ilha de São Miguel, passa assim a ser composta por quatro faróis e 32 farolins, numa extensão costeira de 213 quilómetros”, adianta uma nota de imprensa.

À agência Lusa, o comandante, Cruz Martins, explicou que “em termos de estruturas de assinalamento marítimo existem faróis e estruturas mais pequenas designadas de farolim, cuja altura varia de acordo com a localização”.

O farolim agora instalado na orla marítima junto à povoação do Pilar da Bretanha incrementa “a cobertura das ajudas visuais à navegação entre a Ponta da Ferraria e o morro de Capelas, esperando-se assim facilitar, sobretudo, a navegação noturna das comunidades marítimas dos portinhos dos Mosteiros e Capelas”, acrescenta a nota.

“A instalação desta ajuda à navegação, em conjunto com os dois farolins instalados o ano passado, respetivamente nos Fenais da Ajuda e Feteiras, permite completar a cobertura da rede de assinalamento marítimo costeiro da ilha”, informa ainda a capitania.

O farolim do Pilar da Bretanha tem um “alcance luminoso de seis milhas náuticas”.

São Miguel é a maior ilha dos Açores, com 62,1 quilómetros de comprimento e 15,8 quilómetros de largura máxima. Tem cerca de 745 quilómetros quadrados.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.