Comissário Europeu da Agricultura pondera visitar os Açores em 2018

Comissário Europeu da Agricultura pondera visitar os Açores em 2018

 

AO online   Regional   18 de Dez de 2017, 10:17

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, renovou hoje pessoalmente em Bruxelas, em nome do Governo dos Açores, o convite ao Comissário Europeu da Agricultura, Phil Hogan, para visitar os Açores, o que poderá vir a ocorrer em 2018.

“Tive a oportunidade de cumprimentar o Comissário Europeu da Agricultura e renovar, em nome do Governo dos Açores, o convite para se deslocar ao arquipélago. Phil Hogan manifestou vontade de concretizar esta visita em 2018”, afirmou João Ponte, citado por uma nota de imprensa do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS) .

Para o governante açoriano, que participa hoje e amanhã na conferência internacional sobre o futuro da alimentação e da agricultura, em Bruxelas, trata-se de uma deslocação de “grande importância” para os Açores, enquanto região Ultraperiférica, uma vez que permitirá ao Comissário Europeu da Agricultura ver “in loco o progresso registado no setor, mas simultaneamente as dificuldades e desafios” que se deparam os agricultores açorianos, nomeadamente ao nível climático, dimensão das explorações, distância aos mercados e dispersão geográfica.

 “Paralelamente Phil Hogan vai poder perceber no terreno a atenção que os Açores dão às questões ambientais e do bem-estar animal”, salientou João Ponte, que durante a troca de cumprimentos com o Comissário Europeu estava acompanhado pelo Coordenador do Gabinete de Representação da Região Autónoma dos Açores em Bruxelas, Frederico Cardigos.

 Phil Hogan marcou hoje presença na abertura da terceira edição desta conferência anual, cujo primeiro dia será dedicado ao debate sobe a modernização e simplificação da Política Agrícola Comum (PAC), enquanto o segundo centrar-se-á na análise do mais recente relatório de perspetivas até 2030, sobre os mercados dos produtos lácteos, carne e culturas para os próximos anos.

A comitiva açoriana é liderada pelo Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, que está acompanhado pelo Diretor Regional do Desenvolvimento Rural, Fernando Sousa e pelo presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita.

Na agenda das preocupações dos representantes dos Açores está a necessidade de se assegurar uma transição tranquila entre quadros comunitários de apoio, um orçamento compatível, que permita responder aos desafios da agricultura sustentável e que garante rendimentos justos aos agricultores, bem como uma distribuição justa de rendimentos na cadeia alimentar, refere a mesma nota do GACS.

Por outro lado, João Ponte defendeu que é preciso manter a proteção das regiões ultraperiféricas, como os Açores, nos acordos comerciais internacionais, como é o caso do Mercosul, que está neste momento em negociação.

O governante açoriano destacou que os Açores aplaudem a intenção da Comissão Europeia de simplificação da próxima Política Agrícola Comum (PAC) pós 2020, embora ainda se desconheça as metas que serão definidas em termos ambientais e de convergência sócio económica.

 

“A região está disposta a aceitar mais responsabilidade na gestão dos próximos fundos, pois estando mais próxima dos agricultores poderá dar melhor respostas aos seus desafios e necessidades”, afirmou João Ponte.

 




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.