Comissão arbitral condena agência a reembolsar mais 16 clientes


 

Lusa/AO Online   Nacional   28 de Ago de 2010, 10:06

 A Comissão Arbitral das Agências de Viagens condenou a Marsans a reembolsar 16 dos 21 clientes cujas reclamações foram analisadas na sexta feira, decidindo acionar a caução da agência, informou a entidade, em comunicado.

Na reunião de sexta feira, a comissão analisou mais 21 processos de reclamações relacionadas com incumprimentos da agência de viagens Marsans, tendo optado por arquivar cinco deles por falta de elementos de prova.

Até ao momento, a Comissão Arbitral decidiu 90 processos de pedidos de acionamento de caução e vai voltar a reunir-se a 17 de setembro para analisar outros casos.

A Comissão Arbitral das Agências de Viagens para o caso Marsans integra representantes do Turismo de Portugal, da Deco - Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores, da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo e da Direção Geral do Consumidor.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.