Forças Armadas

Comandante da Zona Militar quer enviar contingente para o Kosovo

 Comandante da Zona Militar quer enviar contingente para o Kosovo

 

Lusa/AO online   Regional   29 de Nov de 2010, 14:23

O comandante da Zona Militar dos Açores, major-general Isidro Pereira, defendeu hoje a possibilidade de um dos próximos contingentes portugueses no Kosovo ser integralmente composto por forças militares sedeadas no arquipélago.
“Fiz uma proposta ao comando do Exército para que a Zona Militar dos Açores possa vir a assumir-se como unidade aprontadora de uma força nacional destacada, por exemplo, no Kosovo”, afirmou o comandante da Zona Militar dos Açores.

Para este responsável militar, “uma das rotações poderia seria constituída por forças dos Açores”, considerando que seria “uma forma de dar mais visibilidade ao dispositivo do Exército no arquipélago”.

“Atendendo à recente redução do contributo português no Kosovo, que deixou de ser um batalhão e passou a ser uma companhia reforçada, está perfeitamente ao nosso alcance sermos nós a preparar a força para ir para lá”, frisou.

O major-general Isidro Pereira falava aos jornalistas em Ponta Delgada no final de uma audiência com o presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, que também manifestou apoio ao reforço da notoriedade do dispositivo militar no arquipélago, nomeadamente “integrando forças destacadas nacionais”.

Carlos César elogiou ainda a acção “muito prestigiosa e útil” que as forças armadas têm desenvolvido nos Açores, nomeadamente ao nível da Protecção Civil.

Nesta área, o comandante da Zona Militar dos Açores manifestou o seu empenhamento em tornar “mais eficaz, mais ágil e mais conforme com as novas realidades” o grupo especialmente vocacionado para apoiar a Protecção Civil em casos de calamidade ou catástrofe.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.