Cólera já provocou mais de mil mortos no Haiti


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Nov de 2010, 17:51

O número de mortos devido à epidemia de cólera no Haiti é já de 1034, mais 117 do que o último balanço, publicado domingo, divulgou o Ministério da Saúde haitiano.
As autoridades haitianas referiram ainda, na sua página na Internet, que 16 799 pessoas foram hospitalizadas desde o início da epidemia, o que representa um aumento de 2157 pessoas em comparação com o último balanço oficial.

Na capital do país, Port-au-Prince, foram contabilizadas, até ao momento, 38 vítimas mortais, mais 11 do que o último relatório.

As más condições de higiene nos campos de refugiados, que albergam vítimas do sismo que devastou o Haiti em 12 de Janeiro, estão a potenciar um alastramento ainda mais rápido da epidemia de cólera, doença altamente contagiosa.

Dois homens foram mortos no país após confrontos entre capacetes azuis e manifestantes por causa da epidemia de cólera, referiram hoje fontes judiciais e policiais, enquanto a ONU reconheceu ter atirado sobre um deles alegando legítima defesa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.