Colégio de comissários atribui vitória a José Pedro Fontes no Rali Vinho Madeira

Motores /
José Pedro Fontes

2103 visualizações   

José Pedro Fontes foi considerado vencedor da edição de 2016 do Rali Vinho Madeira, depois da penalização de 35 segundos imposta a Bruno Magalhães, inicialmente dado como vencedor da prova
 

Bruno Magalhães sofreu, na 18.ª prova especial de classificação, um acidente que obrigou ao cancelamento integral da 'especial', tendo o colégio de comissários dado a conhecere hoje a penalização, após reunião.

A decisão determinou também que o segundo lugar fosse entregue ao piloto madeirense Alexandre Camacho e o terceiro a Miguel Nunes, também ele piloto regional.

Depois da decisão, Bruno Magalhães ficou com o quarto lugar, mas o piloto informou hoje que iria apelar da decisão.

No sábado, após a atípica conclusão do rali, o colégio de comissários desportivos mandatou a organização do Rali Vinho Madeira para promover a cerimónia de entrega de prémios no pódio, segundo a classificação não oficial após a 19.ª prova especial, na qual Bruno Magalhães foi considerado vencedor.