Clubes esperam entendimento entres os três grandes para mudanças na Liga

Clubes esperam entendimento entres os três grandes para mudanças na Liga

 

Lusa/AO Online   Futebol   23 de Jul de 2014, 07:26

Benfica, FC Porto e Sporting vão reunir-se na próxima semana para encontrar um entendimento de forma a criar um grupo de trabalho para resolver a situação financeira da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

 

"Após uma discussão longa concluímos que a solução para os problemas da Liga Profissional, que a todos vem preocupando, passará pelo entendimento e pelo diálogo entre todos os clubes, sendo obrigatório que os clubes sejam capazes de esquecer um conjunto de divergências do passado, deixarem para trás receios das cores clubísticas e pensarem no interesse do futebol português", disse Júlio Mendes, presidente do Vitória de Guimarães, à saída do encontro.

Esta foi a conclusão da reunião de hoje entre todos os clubes profissionais, que decorreu na sede da Federação Portuguesa de Futebol em Lisboa e onde não esteve presente o presidente da LPFP, Mário Figueiredo, que foi convidado, bem como Santa Clara, Olhanense, Académico de Viseu e Sporting da Covilhã, que acabaram por se fazer representar por outros emblemas presentes.

Segundo os organizadores deste encontro (Vitória de Guimarães e Estoril-Praia), a realização das competições profissionais está em risco, fruto de alegados constrangimentos financeiros na LPFP, uma situação que urge resolver e para isso será necessário o acordo entre os três principais emblemas nacionais.

Para Hermínio Loureiro, vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a concertação entre os "três grandes" trata-se de um "momento histórico" e é o primeiro passo para tornar o futebol português mais forte para que não seja colocada em causa a organização das competições profissionais.

"Foi dado um passo decisivo para que esse risco não exista. Esperamos que tudo se conjugue dentro daquilo que são os regulamentos. A FPF deseja uma liga portuguesa de futebol forte, só assim é que o futebol português andará para a frente. Esse é o passo e o caminho que está a ser seguido", sustentou, lembrando que Mário Figueiredo foi convidado para estar hoje presente e que "só ele pode justificar a ausência".

O encontro entre Benfica, FC Porto e Sporting deverá acontecer durante a próxima semana, ainda não há data marcada, e só depois será criada uma comissão que integrará também Marítimo, Vitória de Guimarães, Tondela e Oliveirense.

"Era necessário encontrar uma plataforma de convergência entre os clubes. A FPF não quer organizar as competições profissionais. O que quer é fazer parte da solução, nunca do problema", rematou o dirigente federativo.

Para Júlio Mendes, que não se quis alongar sobre o assunto, este grupo de trabalho terá de discutir questões "relacionadas organização e governação da Liga, bem como a sua sustentabilidade financeira".

 



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.