Cimeira de Gales reafirmou relevância da Aliança

Cimeira de Gales reafirmou relevância da Aliança

 

Lusa/AO Online   Internacional   5 de Set de 2014, 16:45

O primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, disse hoje que a cimeira da NATO no País de Gales, que hoje terminou, reafirmou a relevância da Aliança Atlântica, que continua a querer contribuir para a paz.

"A cimeira que agora termina provou que a NATO é uma aliança sólida e unida, com parceiros relevantes à volta da mesa, que contribui e quer continuar a contribuir para a paz, criando um ambiente próprio para as economias crescerem, um ambiente de segurança face à evolução da situação internacional", declarou o chefe de Governo.

Passos Coelho falava aos jornalistas portugueses em Newport, no País de Gales, no final de dois dias de trabalhos com temas como a Ucrânia ou o Afeganistão em cima da mesa.

A cimeira de Gales que terminou esta tarde "constituiu um marco extremamente importante para a Aliança Atlântica", declarou ainda o governante, para quem "houve uma clara reafirmação da relevância da NATO e da atualidade do seu conceito estratégico".

As "múltiplas crises a ocorrer" quer na "vizinhança leste quer a sul" foram referidas pelo primeiro-ministro a propósito da força de intervenção rápida hoje anunciada pelos membros da NATO.

Passos Coelho falou no final dos trabalhos ladeado pelos ministros da Defesa, Aguiar-Branco, Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e pelo Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), Artur Pina Monteiro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.