Cientistas russos alegam terem descoberto fragmentos do meteorito em Urais

Internacional /
Meteorito Urais, Rússia

3998 visualizações   

Cientistas russos informaram esta segunda-feira terem descoberto fragmentos do meteorito que se desintegrou junto à localidade de Tcheliabinsk, causando uma onda de choque que provocou mais de mil feridos na sexta-feira nos Urais.
 

O Governo russo indicou no domingo ter terminado as buscas, depois de mergulhadores terem procurado durante todo o dia um dos fragmentos do meteorito num lago da região, Tchebarkoul, onde aquele alegadamente caiu.

Cientistas da Universidade de Urais, enviados ao local, alegaram terem descoberto cerca de 50 fragmentos perto do lago.

Em comunicado da Universidade, o líder da expedição, Viktor Grokhovski, explica que o fragmento pertence a um meteorito condrito e é formado por 10 % de ferro, salientando que o meteorito deverá ser batizado como “meteorito de Tcherbakoul”.

“O facto de termos encontrado estes fragmentos significa que o principal fragmento está no lago”, disse Grokhovski, citado pela Interfax.

Um meteorito, que os cientistas russos acreditam que pesava dezenas de toneladas, desintegrou-se na sexta-feira nas imediações da localidade de Tcheliabinsk, com mais de um milhão de habitantes.

Os fragmentos caíram na Terra sob a forma de bolas de fogo seguidas por colunas de fumo, acompanhadas por violentas explosões e uma luz ofuscante, causando o pânico entre a população.

Cerca de mil pessoas ficaram feridas, a maioria de forma ligeira.

Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão