China vai criar nova lei para “promover e proteger o investimento estrangeiro”

China vai criar nova lei para “promover e proteger o investimento estrangeiro”

 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Mar de 2018, 09:19

A China vai elaborar uma nova lei para “promover e proteger o investimento estrangeiro no país”, com o objetivo de fomentar a abertura da sua economia, anunciou esta segunda-feira o porta-voz da Assembleia Nacional Popular.

Zhang Yesui, porta-voz do órgão legislativo máximo do país, que inicia na segunda-feira o seu plenário anual, explicou que se reunificarão as três leis que atualmente existem para regular o investimento estrangeiro na China e será criada uma nova lei para alcançar quatro objetivos.

O primeiro objetivo será “desenvolvimento, benefício mútuo, estratégia e comércio de alta qualidade, bem como a liberalização e a facilitação do investimento”, indicou o responsável.

Será prestada a mesma atenção ao investimento da China no exterior que ao estrangeiro no país e será facilitado o acesso ao mercado, precisou Zhang.

“Criar um ambiente transparente, estável e previsível para o investimento estrangeiro e proteger os seus direitos e interesses legítimos” é o terceiro objetivo mencionado pelo porta-voz, numa conferência de imprensa no Grande Palácio do Povo, em Pequim.

Por último, a China oferecerá um “tratamento justo” às empresas internacionais, com igualdade de condições em relação às companhias domésticas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.