China manda retirar versão 2D de "Avatar"


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Jan de 2010, 10:04

O governo chinês mandou retirar das salas de cinema do país a versão em 2D de “Avatar”, numa aparente tentativa de favorecer a produção nacional sobre a vida de Confúcio, que estreia sexta-feira.
Apesar do enorme sucesso comercial de “Avatar”, a partir do próximo fim-de-semana a exibição do filme de James Cameron será limitada à versão em 3D, que só uma pequena percentagem das salas chinesas tem capacidade para projectar.

A retirada da versão 2D de “Avatar” foi ordenada pelo China Film Group, o monopólio estatal para a importação de filmes, depois de ter recebido instruções nesse sentido por parte das autoridades, disse hoje a imprensa oficial.

Estreado a 04 de Janeiro, “Avatar” está em vias de estabelecer um novo recorde de bilheteira na China e, ao contrário do que aconteceu com “Confúcio”, entusiasma também a crítica e a imprensa chinesas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.