Energia

China converteu-se num país importador líquido de carvão em 2009


 

Lusa / AO online   Economia   23 de Fev de 2010, 16:02

A China converteu-se numa economia importadora líquida de carvão pela primeira vez na sua história, ao adquirir no mercado internacional 103 milhões de toneladas em 2009, indicam dados da Administração Nacional de Energia (NEA), divulgados esta terça-feira.
O gigante asiático passou, em 2009, a ser um importador líquido de carvão, energia fóssil que é utilizada em 70 por cento para consumo, escreve também o diário local Securities Daily.

A importação pela China de 130 milhões de toneladas de carvão no ano passado quase duplicou o volume adquirido por este país em 2008.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.