CGD promete maximizar condições para assegurar privatização do BPN


 

Lusa / AO online   Economia   20 de Jan de 2010, 10:16

O presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) garantiu esta quarta-feira que os principais objectivos da instituição na preparação da venda do BPN são minimizar os custos estatais com a nacionalização e maximizar a atractividade do banco.
"Os estudos feitos até agora visam criar um quadro que permita minimizar qualquer custo que o Estado venha a suportar com a nacionalização" do Banco Português de Negócios (BPN), sublinhou o presidente da CGD, Faria de Oliveira, na Assembleia da República.

O objectivo é "maximizar as condições de atractividade da privatização" de maneira a receber as maiores receitas possíveis, acrescentou Faria de Oliveira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.