Centrais sindicais espanholas confirmam greve geral


 

Lusa / AO online   Economia   14 de Jun de 2010, 11:57

As centrais sindicais espanholas, CCOO e UGT, anunciaram esta segunda-feira uma greve geral contra a reforma laboral, que o Governo aprova quarta-feira sem acordo dos parceiros sociais, e que a data do protesto se conhecerá terça-feira.

O anúncio foi feito, em separado, por responsáveis das duas centrais sindicais que se reúnem terça-feira para finalizar a convocatória, dias depois de terem recebido do Governo o texto com a versão final reforma laboral.

 

Depois de dois anos de tentativa, e sem acordo dos sindicatos e patrões, o Governo anunciou que vai aprovar quarta-feira, por decreto, o texto da reforma laboral cuja aprovação está já a ser negociada com as forças políticas espanholas.

 

O porta-voz da CCOO, Fernando Lezcano, explicou que os detalhes da greve geral vão ser conhecidos na terça-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.