Rally Arquipélagos

Celebração no final da regata que uniu arquipélagos nacionais

Celebração no final da regata que uniu arquipélagos nacionais

 

Luís Pedro Silva   Regional   26 de Jul de 2010, 10:45

O Rally dos Arquipélagos promovido pelo Açoriano Oriental no âmbito das celebrações do 175º aniversário do jornal chegou domingo ao final
A aventura dos 30 participantes no Rally dos Arquipélagos que uniu a ilha da São Miguel, Madeira, Porto Santo e Santa Maria, terminou domingo com a chegada das primeiras embarcações à marina de Ponta Delgada.

O iate Oásis, tripulado pelo skipper Manuel António Mota, chegou a Ponta Delgada, próximo das 18h00, sendo a primeira embarcação a concluir os 18 dias de travessia do oceano atlântico.

O Rally dos Arquipélagos foi uma iniciativa integrada nas comemorações do 175º aniversário do jornal Açoriano Oriental, que surgiu naturalmente na sequência da já tradicional Yacht Race organizada também durante o Verão por este jornal.

A denominação de “Rally” não tem nada a ver com automobilismo ou sequer com uma competição de velocidade para ver quem chega primeiro, sendo um termo técnico utilizado no iatismo para designar um cruzeiro à vela.

Manuel António Mota, director técnico da regata, aproveitou para “fazer um balanço 100 por cento positivo deste evento”, acrescentando que “todos os iatistas gostaram da experiência, tendo sido muito bem recebidos nas ilha da Madeira e Porto Santo”.




Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Segunda-Feira, Dia 26 de Junho de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.