CDS questiona Governo sobre grupo de trabalho anunciado em 2013 para criar 'hub' logístico na Praia da Vitória

CDS questiona Governo sobre grupo de trabalho anunciado em 2013 para criar 'hub' logístico na Praia da Vitória

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   27 de Abr de 2017, 14:32

O CDS-PP/Açores questionou o Governo Regional sobre as conclusões de um grupo de trabalho anunciado em 2013 e destinado à criação de uma plataforma logística no Porto da Praia da Vitória.

Segundo Artur Lima, passados quatro anos, não são conhecidos os resultados da iniciativa anunciada pelo secretário regional dos Transportes, Vítor Fraga, para "fazer todos os desenvolvimentos a nível do projeto, quer na parte operacional, quer na parte económica, para que o Porto da Praia da Vitória se torne um verdadeiro 'hub' atlântico de transporte de carga marítima de e para a Europa".

Nesse sentido, o líder regional centrista entregou um requerimento na Assembleia Legislativa dos Açores, no qual questiona o executivo açoriano sobre a data em que foi criado o grupo de trabalho, o número de reuniões que realizou, as personalidades auscultadas e os estudos ou projetos encomendados.

A bancada parlamentar do CDS-PP perguntou ainda a que conclusões chegou o grupo de trabalho e que utilização deu o Governo Regional a essas conclusões.

"Que diligências tem vindo o Governo dos Açores a realizar no sentido de concretizar, na prática, a sua 'intenção de criar um 'hub' atlântico que potencie a distribuição de carga de e para a Europa'", questionou.

Artur Lima lembrou que em julho de 2013, aquando do anúncio da criação do grupo de trabalho, o secretário regional dos Transportes previa que a plataforma logística pudesse atingir um volume de distribuição de carga na ordem dos 2 milhões de contentores de 20 pés, por ano, entre a Europa e a América do Norte, que podia ascender a 3 milhões se fosse utilizado também pela América Latina e África.

De acordo com o que foi anunciado em 2013 por Vítor Fraga, o grupo de trabalho seria constituído pelo diretor regional dos Transportes, o presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, um representante da subsecretaria regional da Presidência para as Relações Externas, um representante da Sociedade de Desenvolvimento Empresarial dos Açores, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores e um representante da empresa Portos dos Açores.

O líder regional do CDS-PP salientou ainda que meses antes deste anúncio, o secretário regional tinha-se reunido com a Comissária Europeia dos Assuntos Marítimos e das Pescas, Maria Damanaki, dando-lhe conta da intenção do Governo Regional de criar na Praia da Vitória um 'hub' atlântico, que potenciasse a distribuição de carga de e para a Europa, e comprometendo-se a fazer todos "os estudos económicos necessários para a viabilidade do projeto".

A Lusa questionou fonte da Secretaria Regional dos Transportes, que remeteu esclarecimentos para a resposta ao requerimento no parlamento açoriano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.