Política

CDS-PP considera "vergonhosos" aumentos de um euro

CDS-PP considera "vergonhosos"  aumentos de um euro

 

Ana Carvalho Melo   Regional   30 de Jun de 2010, 15:38

Artur Lima, presidente do grupo parlamentar do CDS-PP Açores, classificou esta quarta-feira as actualizações das tabelas das diárias aos doentes deslocados, esta quarta-feira, publicadas em Jornal Oficial pela Secretaria Regional da Saúde como “uma afronta aos doentes” e “vergonhoso”.
“O Governo Regional devia estar envergonhado com os aumentos anunciados”, afirmou, salientando que “o que está previsto na nossa Resolução de 2009 é que, até ao final da Legislatura, o escalão máximo das diárias seja no valor de 70 euros”, algo que fica aquém com a Portaria que entra em vigor esta quinta-feira.

Isto porque, explicou, “para se atingir os 70 euros até 2012 o Governo devia ter aumentado as diárias em cerca de 12 euros, mas o que vemos é o Secretário Regional a anunciar um aumento de 1,16 euros. É vergonhoso!”.

Na sequência de uma visita à Liga dos Amigos do Hospital de Angra do Heroísmo, Artur Lima lembrou também que o Governo se esqueceu de concretizar, para além da actualização das diárias, outros compromissos assumidos, tais como a reestruturação do SADEL (Serviço de Atendimento a Doentes Deslocados em Lisboa) e protocolar alojamento digno para os doentes açorianos deslocados em Lisboa, Coimbra, Porto e nas ilhas com Hospital, revela nota enviada à imprensa pelo partido.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.