Política

CDS/PP afirma que SATA discrimina três ilhas

CDS/PP afirma que SATA discrimina três ilhas

 

Lusa / AO online   Regional   18 de Ago de 2010, 17:45

O CDS-PP protestou esta quarta-feira contra a exclusão de três ilhas dos Açores da acção de promoção de tarifas reduzidas para viagens de estudantes no arquipélago, promovida pela transportadora aérea regional SATA.
Num requerimento solicitando esclarecimentos ao Governo açoriano, o deputado regional do CDS/PP Luís Silveira considera uma “inaceitável e lamentável injustiça” que a iniciativa em causa exclua as ilhas de S. Jorge, Pico e Graciosa.

“A maioria dos alunos que se desloca na região para outra ilha com fins de concluir a sua formação académica fá-lo por não ter disponíveis na sua ilha de residência instituições de ensino com o grau pretendido”, sublinha o parlamentar.

Luís Silveira alega ainda que a “SATA-Air Açores é uma companhia que executa o transporte regular de passageiros por via aérea inter-ilhas ao abrigo de um contrato de serviço público pelo qual recebe indemnizações compensatórias”.

Uma fonte da transportadora regional garantiu à Lusa que todos os estudantes açorianos beneficiam das tarifas especialmente reduzidas desde Outubro de 2009, independentemente da ilha em que residem.

No seu sítio da Internet a transportadora anuncia, porém, tarifas especiais para estudantes nos voos entre Corvo e Faial, Flores e S. Miguel, Faial e S. Miguel, Terceira e S. Miguel e Santa Maria e São Miguel.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.