CDS-PP acusa PS falta de vontade de diálogo


 

Lusa / AO online   Regional   4 de Fev de 2010, 16:32

O CDS-PP considerou esta quinta-feira que “não houve vontade de diálogo” da parte do PS e do Governo sobre as alterações à lei das finanças regionais e que as propostas hoje aprovadas introduzem “dois tectos novos no endividamento”.
“Não houve vontade de diálogo, não houve vontade a aproximar decisões, (o PS) não se bateu por apresentar soluções que pudessem gerar um consenso mais alargado”, afirmou a deputada Assunção Cristas.

“Ontem quando o Conselho de Estado veio pedir um diálogo frutuoso e paciente nós já o tínhamos encetado e continuamos com ele. Hoje apresentámos mais duas propostas visando obter o tal acordo mais alargado, só temos a lamentar que o PS não se tenha disponibilizado para esse acordo, tanto mais quanto, que aquilo que esta neste momento previsto, é bastante menos do que aquilo previsto no orçamento rectificativo”, acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.