Carolina Salgado vai comparecer no julgamento processo movido por Pinto da Costa


 

Lusa/Ao online   Nacional   18 de Dez de 2007, 05:48

Carolina Salgado, a ex-companheira de Pinto da Costa, vai comparecer hoje na segunda sessão do julgamento do processo cível, movido pelo presidente do FC Porto contra o Estado português, disse hoje à Lusa o seu advogado.
O jurista, José Dantas, assegurou que a ex-companheira de Pinto da Costa vai comparecer, recordando que, ao ter justificado a falta à primeira sessão realizada dia 04, Carolina Salgado evitou a multa de 192 euros então determinada pelo juiz Carneiro da Silva.

    Carolina Salgado, que foi arrolada testemunha pelo Ministério Público (MP), já tinha dito à Lusa que vai "dizer a verdade" e que se recorda do sucedido naquela altura, quando ainda vivia com Pinto da Costa.

    "Claro que vou dizer a verdade e lembro-me muito bem dos factos. Há momentos na vida que a gente nunca esquece", afirmou.

    Na sessão espera-se também o testemunho do inspector-chefe da Polícia Judiciária, António Gomes, principal responsável pela investigação que culminou na detenção de Pinto da Costa em Dezembro de 2004.

    A detenção do presidente do FC Porto ocorreu quando se apresentou no Tribunal de Gondomar para um interrogatório relacionado com o caso Apito Dourado.

    Nesta acção, Pinto da Costa reclama 50 mil euros de indemnização por alegada detenção ilegal.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.