Carlos Costa será indigitado governador do banco de Portugal na segunda feira


 

Lusa/AO Online   Economia   1 de Jun de 2010, 12:09

Carlos Costa será indigitado como novo governador do Banco de Portugal no próximo dia 07 de junho, sucedendo a Vítor Constâncio que passou a vice-presidente do Banco Central Europeu depois de 10 anos consecutivos a liderar a instituição.

De acordo com o Ministério das Finanças, Teixeira dos Santos dará posse a Carlos Costa na próxima segunda feira no salão nobre do ministério, pelas 09:00.

O economista Carlos Costa, que desempenhou previamente o cargo de vice presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI), foi nomeado governador do Banco de Portugal a 23 de abril, tendo uma vasta experiência no setor bancário e na integração de Portugal na Comunidade Europeia.

Com a ida de Vítor Constâncio para a vice presidência do Banco Central Europeu –onde tem entrada prevista para hoje - Carlos Costa regressa a Portugal, depois de três anos no Luxemburgo.

Com 60 anos, licenciou-se em economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, em 1973, a mesma que deu o diploma ao ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos.

O economista foi também membro do conselho de administração e diretor executivo da Caixa Geral de Depósitos entre 2004 e 2006 e ocupou idêntico cargo no Banco Nacional Ultramarino (BNU) e no Banco Caixa Geral (Espanha).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.