Juros/Dívida

Carlos Costa diz que "não vale a pena culpar os mercados"

Carlos Costa diz que "não vale a pena culpar os mercados"

 

Lusa/AO online   Economia   12 de Nov de 2010, 17:34

O governador do Banco de Portugal defendeu esta sexta-feira que Portugal tem que fazer o seu trabalho no sentido da consolidação das contas públicas para gerar confiança dos investidores internacionais no país e melhorar a capacidade de financiamento no mercado.
“Não vale a pena culpar os mercados, se não fizermos o nosso trabalho. Precisamos urgentemente do Orçamento do Estado para 2011 aprovado. É altura de meter as mãos à obra e fazer crescer o PIB”, afirmou Carlos Costa, na sua intervenção num almoço promovido pela Câmara do Comércio e Indústria Luso-Espanhola, em Lisboa.

O governador do Banco de Portugal sublinhou, contudo, que “pôr as contas públicas em ordem com o PIB a crescer pouco é uma tarefa muito difícil”, considerando que Portugal “é um país bem infra-estruturado, mas sem um tecido produtivo à altura” e defendendo que o país deve ser “mais criterioso no investimento público”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.