Economia

Carlos César preocupado com "imprevisibilidade" sobre OE para 2011

Carlos César preocupado com "imprevisibilidade" sobre OE para 2011

 

Lusa/AO online   Regional   27 de Set de 2010, 16:53

O presidente do Governo regional dos Açores manifestou esta segunda-feira preocupação face à "imprevisibilidade" sobre o Orçamento de Estado (OE) para 2011, reconhecendo que tal pode influenciar o planeamento regional uma vez que são desconhecidas as receitas para a região.
“A imprevisibilidade que envolve o Orçamento de Estado, quer do ponto de vista da sua aprovação e das medidas que incorporará evidentemente que tem influência na confirmação ou na revisão dos pressupostos que obedecem nesta fase, e data, a este planeamento que apresentamos”, afirmou aos jornalistas Carlos César.

O presidente do Governo Regional dos Açores falava após a reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica, em Ponta Delgada, onde apresentou a ante proposta do Plano Anual Regional para 2011.

Segundo Carlos César, em causa estão as receitas relacionadas com a Lei de Finanças das Regiões Autónomas (LFR) e outras prestações através da solidariedade nacional.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.