Carlos César lembra "grande açoriano" que "merece as maiores honras"

Carlos César lembra "grande açoriano" que "merece as maiores honras"

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Nov de 2014, 10:49

O ex-presidente do Governo dos Açores Carlos César lembrou o "grande açoriano" que foi Madruga da Costa, que o antecedeu naquele cargo, considerando que "merece as maiores honras dos seus concidadãos e das instituições regionais".

"Madruga da Costa foi um dos protagonistas mais ativos e influentes das duas primeiras décadas da autonomia açoriana e revelou sempre, no exercício das suas múltiplas funções partidárias e institucionais, um equilíbrio esclarecido, um bom senso e uma bonomia que farão perdurar positivamente a sua memória entre os políticos de boa vontade e os açorianos em geral", disse Carlos César, numa declaração à agência Lusa.

O antigo presidente do Governo dos Açores Alberto Romão Madruga da Costa morreu hoje em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, vítima de doença prolongada, disse fonte do PSD à Lusa.

"Nunca virou as costas ao combate político mas nunca tolerou a sua confusão com o ataque pessoal e as demonstrações de falhas de carácter. Foi um adversário leal e um grande açoriano. Merece as maiores honras dos seus concidadãos e das instituições regionais. Transmito o meu pesar a todos os seus familiares e amigos", acrescentou ainda o socialista Carlos César, que presidiu ao Governo dos Açores entre 1996 e 2012.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.