Carlos César homenageado pela PALCUS nos EUA

Carlos César homenageado pela PALCUS nos EUA

 

Carmo Rodeia   Regional   22 de Out de 2010, 09:56

O presidente do governo regional dos Açores, Carlos César, e o ex-presidente da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento vão ser homenageados pela principal organização luso-americana dos Estados Unidos, PALCUS, que realiza a sua gala anual no próximo fim de semana.

Os “Prémios de Liderança” serão o principal evento de uma noite dedicada às homenagens e também à recolha de fundos, e, diz a responsável pela organização da gala, Marie Fraley, os homenageados são pessoas que deram “prestígio à comunidade e servem de inspiração aos mais jovens”.

Carlos César receberá o prémio Internacional e Rui Machete, que abandonou este ano a liderança da FLAD, o prémio Carreira.

A lista de homenageados inclui ainda a presidente do senado de Rhode Island, Teresa Paiva Weed, primeira mulher e primeira portuguesa no cargo.

“Ela tem um historial impressionante de envolvimento em assuntos ligados à reforma judicial e da segurança social, compensação de vítimas e ambiente. Os premiados nesta categoria [Serviço Público] são titulares de cargos públicos, que servem com exemplar dignidade”, afirma Fraley.

O prémio de Serviço Comunitário será entregue ao maestro Manuel Canito, músico que lidera há 40 anos a Banda Nossa Senhora da Luz, de Fall River.

“O seu contributo, com o seu tempo e talento, enriqueceu a comunidade e aumentou a nossa capacidade de desfrutar uma rica cultura musical”, diz a responsável pela gala.

A jovem cantora Katie Stevens, que esteve entre os oito finalistas do programa de televisão American Idol, irá receber o prémio Promessa.

“A combinação do talento da Katie a nível nacional, a sua excelência como aluna e voluntária comunitária e o orgulho na herança portuguesa que demonstrou na televisão nacional apontam para uma jovem com um futuro promissor”, afirma Marie Fraley.

Será ainda atribuído um prémio na área de Cinema ao ator português Joaquim de Almeida, que tem feito parte da sua carreira nos Estados Unidos.

Outro homenageado é o fotógrafo oficial da Casa Branca, Peter Sousa, que receberá o prémio de Artes.

O prémio Filantropia irá para as irmãs Ferreira Mendes.

A gala realiza-se este ano, pela primeira vez, em Massachussetts, depois de nos últimos anos ter passado por outras regiões de forte presença luso-americana, como Newark, Providence, New York, Hartford e San Jose.

O local escolhido é a Universidade de Massachussetts, e a cerimónia terá como presidente honorário o senador estadual Marc Pacheco.

O evento deverá contar com a presença do embaixador de Portugal em Washington, João de Valera.

Fundada em 1991 na capital norte-americana, a PALCUS intervém junto dos órgãos do poder norte-americano em assuntos de interesse para as comunidades luso-americanas.

Desempenhou papel relevante na adesão de Portugal ao programa de supressão de vistos ("visa waiver") para entrada nos Estados Unidos.

Recentemente, viveu dificuldades financeiras, que levaram ao lançamento de uma campanha de recolha de fundos através da criação do "Council 100", que reúne doadores luso-americanos, empresas ou indivíduos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.