Entrevista

Carlos César admite recandidatar-se em 2012

Carregando o video...

 

Olímpia Granada   Regional   27 de Fev de 2010, 10:30

No fim-de-semana em que estava agendado o congresso dos socialistas açorianos, adiado para Abril, o líder reeleito nas eleições directas de Janeiro último, Carlos César, diz que quer um partido inconformado, recusa que Berta Cabral seja a sua “grande adversária política” e o também presidente do Governo admite que considera recandidatar-se a novo mandato nas eleições de 2012.
Em entrevista ao Açoriano Oriental/Açores TSF analisa ainda alguns dos temas da actualidade e faz, ainda, uma análise ao actual panorama político nacional. ~

O líder do PS/Açores aconselha o primeiro-ministro a "que não se desvie daquilo que é importante fazer pelo País e para o País, sem prescindir naturalmente do direito que tem a ficar indignado quando é injustamente acusado ou a defender-se quando acha que é absolutamente necessário fazê-lo".

Acrescenta e [...] que há uma grande diferença "no nosso país entre aquilo que é a opinião pública e a opinião publicada. Veja-se o que sai nos jornais contra o governo e veja-se o que sai a favor do governo nas sondagens que são feitas pelos jornais!"


Leia esta entrevista na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Sábado, Dia 26 de Fevereiro de 2010 ou ouça em http://www.acorianooriental.pt/noticias/tsf/

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.