Liga Sagres

Cardozo e Saviola lançam Benfica para a liderança

Cardozo e Saviola lançam Benfica para a liderança

 

Lusa/AO online   Futebol   3 de Fev de 2010, 21:25

O Benfica, embalado pela dupla Cardozo-Saviola, isolou-se, de forma provisória, na liderança da Liga Sagres, ao vencer em casa a União de Leiria, por 3-0, em jogo antecipado da 20ª jornada
O Benfica subiu provisoriamente à liderança da Liga Sagres, após receber e vencer a União de Leiria, por 3-0, num encontro em que o argentino Saviola voltou a ser a grande figura dos “encarnados”.
Com este triunfo, o Benfica assumiu o comando da Liga Sagres com três pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga, agora segundo classificado, mas com menos um jogo disputado.
O técnico dos “encarnados”, Jorge Jesus, apresentou a habitual equipa titular, com Ramires a regressar ao “onze” para o lugar do castigado Carlos Martins, e manteve Fábio Coentrão no lugar de defesa esquerdo. Na frente, a dupla Saviola-Cardozo.
Do lado da União de Leiria, o técnico Lito Vidigal reforçou o meio campo com a entrada de Elias e colocou no sector avançado o brasileiro Carlão apoiado por Silas.
Com uma entrada muito agressiva na partida, o Benfica aqueceu o Estádio do Luz logo aos 10 minutos, quando Cardozo abriu o marcador, com um cabeceamento fácil já perto da linha de golo, após assistência de Saviola, numa jogada fantástica criada pelo número 30 dos “encarnados” e Pablo Aimar, recordando os “velhos tempos” no River Plate.
Apesar de estar em desvantagem, a União de Leiria raramente incomodava a defesa do Benfica, já que Carlão aparecia muito sozinho na frente, enquanto o clube da Luz continuava a dominar a partida, principalmente através da magia de Aimar.
Aos 28 minutos, o internacional argentino voltou a protagonizar nova boa jogada, desta vez com Maxi Pereira, num lance que terminou com uma grande defesa de Djuricic a remate de Luisão.
Até ao intervalo, o guarda-redes sérvio da União de Leiria “salvou” por mais duas vezes a sua equipa, com intervenções complicadas a remates de Di Maria e Cardozo.
No regresso dos balneários, os “encarnados” queixaram-se de uma grande penalidade cometida por Diego Gaúcho, num lance em que o defesa brasileiro parece “defender” o remate de Saviola com o braço.
Aos 61 minutos, o avançado argentino, sempre muito activo na frente, fez mesmo o gosto ao pé e colocou o Benfica mais perto do triunfo, com um forte remate de pé esquerdo, sem hipóteses para Djuricic.
Pouco depois, com a União de Leiria avançada no terreno, à procura de reduzir a desvantagem, os “encarnados” podiam ter voltado a marcar, mas Di Maria, no frente a frente com o guarda-redes contrário, atirou ao lado.
A tarefa do Benfica ficou ainda mais facilitada com a expulsão de Elias, aos 75 minutos, por acumulação de amarelos, e o recém entrado Ruben Amorim fez questão em aumentar a vantagem da equipa da casa nos momentos finais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.