Capoulas leva hoje comissário da Agricultura ao Alqueva, onde reúne com Vasco Cordeiro

Capoulas leva hoje comissário da Agricultura ao Alqueva, onde reúne com Vasco Cordeiro

 

Lusa/AO Online   Economia   9 de Jun de 2016, 08:31

O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e o comissário europeu da Agricultura, Phil Hogan, visitam hoje o Alqueva, um dos projetos que pode vir a beneficiar do Plano Juncker para apoiar o investimento em infraestruturas.

Capoulas Santos já anunciou a intenção de financiar mais 47 mil hectares de regadio no Alqueva, mas ainda não definiu os montantes a candidatar ao Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, conhecido como ‘Plano Juncker’, que pretende mobilizar 315 mil milhões de euros de investimento público e privado nos próximos três anos.

O primeiro-ministro António Costa assumiu o compromisso de aumentar a área de regadio em cerca de 90 mil hectares, multiplicando pelo país "pequenos Alquevas".

Em causa, segundo fonte oficial, está um valor total de 476 milhões de euros que Portugal quer financiar através do Plano Junker: cerca de 220 milhões de euros para o aumento de 47 mil hectares de regadio no Alqueva e mais 256 milhões de euros para requalificar infraestruturas de regadio já existentes.

Para que a ideia se concretize é preciso que Bruxelas dê “luz verde” à candidatura e a passagem do comissário europeu da Agricultura pelo Alqueva, o maior projeto integrado de regadio da Europa (120 mil hectares), contribuirá para dar mais visibilidade às intenções do Governo.

O responsável europeu da Agricultura vai participar de forma simbólica na abertura da ligação de água de Alqueva para a Barragem do Roxo, abastecendo dessa forma um perímetro de rega que, ao longo deste ano, deverá encaixar 15 milhões de metros cúbicos de água.

Antes, Phil Hogan vai passar pela Feira Nacional da Agricultura, que decorre até 12 de junho em Santarém, onde terá ocasião de acolher as preocupações dos suinicultores portugueses, durante uma degustação de carne de porco.

O setor do leite – outra das áreas da agricultura europeia que tem sido mais afetada pela descida drástica dos preços – também deverá fazer-se ouvir, pela voz do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, que vai ser recebido por Hogan durante a manhã.

O programa da visita inclui ainda uma deslocação à Plataforma Logística de Concentração e Expedição de Hortícolas da AGROMAIS, em Ervidel, uma unidade em fase de conclusão que, segundo a empresa, permitirá obter melhorias significativas da qualidade dos produtos, reduzir os custos logísticos e promover a produção hortícola na região do Alqueva.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.