Cantora norte-americana assassinada em Orlando, na Florida, após concerto

Cantora norte-americana assassinada em Orlando, na Florida, após concerto

 

Lusa / AO online   Internacional   11 de Jun de 2016, 10:52

A cantora Christina Grimmie, que se tornou numa estrela nos Estados Unidos depois de ter participado no programa musical "The Voice", foi assassinada a tiro na sexta-feira em Orlando, na Florida, após um concerto, informou a polícia de Orlando.

 

Com 22 anos, Grimmie tinha atuado com o grupo Before You Exit na Plaza Live Orlando, onde permaneceu para dar autógrafos, quando um homem armado com duas pistolas disparou sobre a cantora, relata a polícia.

"É com profundo pesar que confirmamos que Christina Grimmie, @TheRealGrimmie, morreu devido aos seus ferimentos", refere o Departamento da Polícia de Orlando, na sua conta na rede social Twitter.

A mesma fonte conta ainda que "o irmão de Christina imediatamente se insurgiu contra o suspeito, que disparou e suicidou-se".

A identificação do atirador e o motivo do ataque permanecem ainda desconhecidos.

"Não sabemos se ele era apenas um fã maluco que a seguia no Twitter ou nas redes sociais", disse o porta-voz policial, Wanda Miglio, em conferência de imprensa, classificando o evento como "muito trágico".

Grimmie foi levada para o centro médico regional de Orlando.

Tinha disputou a sexta temporada do concurso televisivo "The Voice", em 2014, e tinha lançado o seu primeiro EP ('extended play', um CD com menos músicas do que um álbum) 'Find Me' em 2011.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.