Política

Candidatura de Putin à presidência apoiada por unanimidade

Candidatura de Putin à presidência apoiada por unanimidade

 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Nov de 2011, 13:54

A candidatura à presidência russa do atual primeiro-ministro foi hoje aprovada pela unanimidade dos 614 delegados do Congresso do Partido Rússia Unida, apoio que Vladimir Putin agradeceu enquanto lançava fortes críticas ao Ocidente.

"Estou grato a Dmitri Anatolievitch Medvedev e ao Congresso do Rússia Unida pela apresentação da minha candidatura ao cargo de Presidente da Rússia. Claro que aceito essa proposta com gratidão", disse. Vladimir Putin aproveitou ainda para lançar fortes ataques ao Ocidente, acusando-o de financiar a oposição russa e aconselhando a que não tente impor ideias ao seu país. Acusando as organizações ocidentais de financiar a oposição na Rússia, Putin referiu que "Judas não é uma personagem popular” entre o povo russo e garantiu que estão “a atirar dinheiro ao vento”. Putin disse que o Rússia Unida "mostrou o seu valor perante as convulsões económicas durante a crise financeira" e que é esse partido que "sabe melhor o que é preciso fazer e como fazê-lo na nova etapa de desenvolvimento da Rússia".  O atual primeiro-ministro russo prometeu resolver o problema das desigualdades sociais e manter a paz social no país. "Faremos tudo para defender a paz social e a concórdia, pois trata-se do destino do Estado, do bem-estar dos cidadãos, de coisas que iremos proteger e defender", frisou.  "Saibam os que proclamam palavras de ordem de intolerância nacional e oficial, atirem diferentes ideias populistas e provocadoras, que conduzem à traição nacional e, no fim de contas, à desintegração do país, nós somos uma sociedade multinacional, um povo uno, uma Rússia indivisível", acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.