Eleições Autárquicas

Candidato do PSD quer Ponta Delgada a aproveitar condição de porta de entrada do turismo

Candidato do PSD quer Ponta Delgada a aproveitar condição de porta de entrada do turismo

 

Lusa/AO Online   Regional   12 de Set de 2017, 14:39

O candidato do PSD à Câmara de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, defendeu hoje que é preciso aproveitar o facto de a cidade ser a porta de entrada de turistas para impulsionar a regeneração urbana.

“Há hoje manifestamente um reconhecimento que Ponta Delgada é o motor de desenvolvimento dos Açores, a porta de entrada do turismo, que é o novo pilar de desenvolvimento” do concelho, da ilha de São Miguel e do arquipélago, sublinhou José Manuel Bolieiro, atual presidente da maior autarquia dos Açores e que se recandidata nas eleições de 01 de outubro.

O candidato falava aos jornalistas após uma reunião com a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada.

José Manuel Bolieiro considerou que, através do crescimento da oferta de alojamento turístico, se deve apostar na "regeneração e na reabilitação urbana”, mas que esta deve contemplar o reforço antissísmico.

Segundo disse, perante "a tendência de mais alojamento turístico” deve ser aproveitado este impulso, reforçando os apoios à regeneração urbana, para que o edificado que está hoje em ruínas possa ser requalificado.

O recandidato destacou que o município de Ponta Delgada já criou o plano integrado da regeneração urbana sustentável com áreas que ajudam a desonerar os custos desta reabilitação e com benefícios fiscais, mas sustentou que é necessário mais.

"É nossa convicção de que Ponta Delgada não justificaria nenhum aquário”, declarou, preconizando, ao invés, “uma obra de reabilitação do porto e que poderia até criar um novo molhe, numa estratégia de desenvolvimento e requalificação da zona e orla de Santa Clara".

José Manuel Bolieiro defendeu ainda a importância de "um recenseamento dos ativos da natureza e de património cultural e identitário construído”, alegando que falta disponibilizar informação.

"É inaceitável que ao longo destes últimos anos nada tenha sido feito de verdadeiro valor acrescentado para os nossos ativos de natureza que continuam a ter um turista que contempla, mas de forma ignorante, porque não tem informação suficiente sobre o que visita, nem nós, entidades públicas”, sustentou.

A Câmara de Ponta Delgada é liderada pelo PSD, partido que tem cinco mandatos. Os restantes quatro são do PS.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.