Candidato do PSD por Ponta Delgada quer apoiar famílias com escuteiros

Candidato do PSD por Ponta Delgada quer apoiar famílias com escuteiros

 

Lusa/AO Online   Regional   22 de Ago de 2017, 08:40

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Ponta Delgada, nos Açores, defendeu hoje o apoio financeiro a famílias com encargos com os filhos que aderem ao escutismo, no âmbito de um processo de valorização cívica.

“É preciso desonerar o custo do orçamento familiar para esta participação”, declarou José Manuel Bolieiro, que se referiu a um recenseamento de 700 escuteiros e a um crescimento estimado, em quatro anos, de mais 300 elementos, para mostrar disponibilidade para inscrever no orçamento do município entre 25 a 30 mil euros anuais para o movimento.

O também atual presidente do município, que falava numa visita às instalações da Casa do Escuteiro, do Corpo Nacional de Escutas, em Ponta Delgada, explicou que este apoio, relativo à inscrição e ao seguro de cada escuteiro, seria atribuído através de protocolos a celebrar com os agrupamentos recenseados no concelho.

Para o candidato às autárquicas de 01 de outubro, este não é um “valor incomportável” para o orçamento da Câmara Municipal de Ponta Delgada, mantendo-se os “apoios avulsos e esporádicos” relativos a equipamentos, sedes e iniciativas.

“Além de desonerar os custos das famílias com os seus filhos, esta medida garante por parte dos agrupamentos outra capacidade sedutora de angariar mais associados”, declarou, para acrescentar que com esta proposta se “valoriza o voluntariado, através do reconhecimento, da gratidão e do apoio”.

José Manuel Boleiro manifestou também a intenção de aproveitar o trabalho do movimento escutista nos núcleos locais da Proteção Civil no maior concelho dos Açores e numa perspetiva de sensibilização ambiental, em particular em relação ao processo da recolha seletiva dos resíduos urbanos, desde a sua separação até ao respetivo depósito.

Segundo José Manuel Bolieiro, o escutismo “não estava a merecer o respeito e a cumplicidade das entidades públicas face aos resultados que apresenta” na sociedade.

Depois de vencer as autárquicas em 2013, o PSD possui na Câmara de Ponta Delgada cinco mandatos, sendo os restantes quatro assegurados pelo PS.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.