Candidato do BE a Ponta Delgada quer dinamizar Academia das Artes

Candidato do BE a Ponta Delgada quer dinamizar Academia das Artes

 

Lusa/AO online   Regional   25 de Ago de 2017, 16:18

O candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Ponta Delgada propôs uma solução concertada entre o município, a Igreja da Graça e a Academia das Artes para dinamizar este espaço cultural.


"Propomos a compatibilização de uma solução entre as três entidades envolvidas, nomeadamente a tutela da Igreja da Graça, a Academia das Artes, que se desconhece a situação atual, e a câmara municipal, que não pode deixar passar o encerramento duma estrutura como esta", disse à agência Lusa Kol de Carvalho, que concorre na qualidade de independente.

No âmbito de uma ação de pré-campanha, Kol de Carvalho afirmou que a Academia das Artes, localizada no edifício da Igreja da Graça, tem apenas funcionado de forma pontual para a realização de bailes de Carnaval ou comemorações do Dia da Europa, o que considera "insuficiente para um espaço patrimonial no centro da cidade".

A Academia das Artes dos Açores é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivos o ensino e a divulgação das artes, e a organização de eventos culturais.

O cabeça de lista do Bloco às eleições autárquicas de 01 de outubro defendeu ainda a "democratização da cultura" através da compatibilização dos horários dos espaços culturais e naturais do concelho com os tempos livres dos cidadãos.

"A cultura é um marco económico e social importante" que não se pode esquecer, declarou Kol de Carvalho, arquiteto de profissão, que propõe, também, o aproveitamento do património da antiga fábrica da baleia, em São Vicente Ferreira, a par da fundição da localidade da Calheta, na cidade de Ponta Delgada.

A fábrica da baleia foi construída no lugar dos Poços, tendo funcionado desde 1945 até ao princípio da década de 70 do século XX, restando apenas a sua chaminé.

A Câmara Municipal de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, é presidida pelo social-democrata José Manuel Bolieiro.

Nas eleições autárquicas de 2013, o PSD assegurou cinco mandatos, enquanto o PS tem quatro eleitos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.