Candidato do BE à Câmara de Vila do Porto elege combate ao desemprego como meta


 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Ago de 2017, 16:10

O candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara de Vila do Porto, nos Açores, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, elegeu hoje o combate ao desemprego, por via do turismo, como uma das metas.


Em declarações à agência Lusa, Carlos Oliveira, que concorre como independente ao único concelho da ilha de Santa Maria, defendeu a necessidade de atrair investimento turístico para a ilha, mas sustentável, e capaz de gerar postos de trabalho, devendo o setor estar direcionado para o espaço rural, histórico e associado à natureza.

Professor de História, Carlos Oliveira, de 55 anos, pretende que o município, em parceira com a câmara de comércio e a escola básica tntegrada de Santa Maria, aposte na formação no setor do turismo, designadamente na restauração, para “colmatar algumas das necessidades básicas que existem” e, dessa forma, “receber melhor” os turistas.

Reconhecendo o desenvolvimento no setor do turismo na ilha do grupo oriental do arquipélago, o cabeça de lista adiantou que pretende apostar na recuperação do património histórico e promover investimento na educação e formação.

Carlos Oliveira, que integrou a lista do Bloco à Assembleia Municipal de Vila do Porto nas últimas eleições autárquicas e foi cabeça de lista por Santa Maria nas regionais do ano passado, manifestou preocupação com o facto de a ilha “atravessar períodos de falta de água que afetam as populações e os agricultores locais”, apontando a necessidade de “recuperar e construir novas estruturas na rede pública”.

O candidato, cuja lista que lidera é maioritariamente constituída por independentes e jovens, referiu ainda a necessidade de uma ilha “mais democrática, participativa e aberta aos jovens”.

“Queremos que as pessoas se envolvam mais na defesa dos seus interesses, do seu património. Vamos avançar com propostas concretas, justas, credíveis e que respondam às verdadeiras necessidades da população do concelho”, assegurou Carlos Oliveira

O independente preconiza ainda para Santa Maria melhores ligações aéreas da transportadora açoriana SATA e da Atlânticoline, empresa pública que efetua o transporte de pessoas e mercadorias, exigindo, também, que a população seja esclarecida sobre a eventual instalação na ilha de uma base para o lançamento de satélites, de “forma transparente”, designadamente sobre as vantagens e desvantagens do investimento.

Nas últimas eleições autárquicas, o PSD, que lidera a Câmara Municipal de Vila do Porto, assegurou três mandatos contra dois do PS.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.