Canadá quer aumentar número de imigrantes para 340 mil por ano até 2020

Canadá quer aumentar número de imigrantes para 340 mil por ano até 2020

 

Lusa/AO online   Internacional   2 de Nov de 2017, 11:23

O Governo canadiano anunciou que pretende aumentar o número de imigrantes para 340 mil por ano até 2020, num plano de três anos.

"Trazer um recém-chegado para o Canadá é metade do trabalho. Temos de ter a certeza de que são dadas a estas pessoas as ferramentas necessárias para serem bem-sucedidos no Canadá", afirmou na quarta-feira o ministro da Imigração, Ahmed Hussen.

Estes valores vão representar um por cento da população no país, o que segundo alguns especialistas será fundamental para que a economia canadiana permaneça competitiva, tendo em conta uma força laboral envelhecida e um declínio nas taxas de nascimento.

No entanto, este plano fica aquém das expetativas, tendo em conta que um relatório do ano passado do influente conselho consultivo económico do Governo ter sugerido cerca de 450 mil imigrantes por ano para colmatar essas lacunas.

O plano prevê que o nível de imigração aumente de 300 mil vistos previstos para este ano, para 310 mil em 2018, e 330 mil em 2019.

"Províncias, municipalidades, prestadores de serviços, empregadores, todos, em geral, no Canadá têm dito que precisamos de vários anos, pois não podemos continuar a fazer imigração numa base anual", frisou o ministro.

O governante explicou que o Canadá precisa de um "planeamento a longo termo, estável e prever antecipadamente".

O maior aumento dos recém-chegados estará no programa designado para trabalhadores qualificados para o Canadá, prevendo-se em 2017 o acolhimento de 172.500 pessoas no programa económico, um valor que vai aumentar para 195.800 até 2020.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.