Ponta Delgada

Câmara quer regularizar situação de cerca de cem funcionários precários

Câmara quer regularizar situação de cerca de cem funcionários precários

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   3 de Abr de 2018, 18:16

A Câmara Municipal de Ponta Delgada (CMPD) anunciou esta terça-feira que está a trabalhar na regularização e estabilização do vínculo laboral de quase uma centena de trabalhadores do município, que se encontram em situação de precariedade.

O anúncio, que surge em função do novo quadro legal, "foi feito por José Manuel Bolieiro na sequência de uma reunião com a vereadora dos Recursos Humanos, Alexandra Viveiros, e com o SINTAP - Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública", dá conta uma nota de imprensa do gabinete de comunicação da CMPD enviada a este jornal

A proposta, prossegue a mesma nota, "será submetida a aprovação em Assembleia Municipal e inclui os trabalhadores que, nesta fase, têm vínculos precários – programas ocupacionais e outras formas de contrato – da Câmara Municipal de Ponta Delgada e Serviços Municipalizados".

Nesta primeira ronda negocial com o SINTAP com vista à renegociação do acordo de trabalho vigente, também estiveram em cima da mesa os direitos adquiridos pelos trabalhadores, como dias de férias.

Em breve, faz ainda saber a nota informativa, "o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada vai reunir com o STAL- Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional", acrescentando que José Manuel Bolieiro "também está disponível para reunir com o Sindicato Nacional dos Polícias Municipais e com outros sindicatos".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.